Sapatilha: conheça a história desse ícone fashion

Dicas, Looks, Sapatilhas -

Sapatilha: conheça a história desse ícone fashion

Graças à sua leveza e praticidade, a sapatilha é um item indispensável no guarda-roupa de qualquer mulher. Mas você conhece a história desse ícone da moda e como ele se tornou tão popular? Acompanhe o post a seguir e confira!

 O ano era 1956. Depois praticar balé por muito tempo, a atriz Brigitte Bardot queria poder desfrutar do conforto das sapatilhas de dança também no seu dia a dia. Ela resolveu encomendar então para ninguém menos que Madame Rose Repetto, fundadora da tradicional marca francesa de acessórios de dança Repetto, um modelo que pudesse ser usado não apenas nos palcos, mas também nas ruas. E voilá: assim surgia o modelo Cendrillon, que significa Cinderela, em português. A peça sem salto, levíssima, vermelha e com o delicado lacinho na frente logo surgiu no figurino do filme "E Deus Criou a Mulher" (1956), protagonizado pela própria Brigitte.

 

A história das sapatilhas - Brigitte Bardot, no Blog Petitas

 

Mas, mesmo assim, a nova moda não pegou logo de cara. Mas a sapatilha foi protagonista de novo em outro filme, um ano depois, dessa vez estrelado pela diva Audrey Hepburn, no clássico “Cinderela em Paris” (1957). A partir daí, as mulheres abriram os olhos (e os corações) para as ballerinas, que são as atuais sapatilhas e, desde então, elas nunca mais saíram da moda.

Inspire-se nos looks de street style abaixo e não deixe de navegar também pela nossa seção de sapatilhas Petitas!

 

A História das Sapatilhas - Blog Petitas 

A História das Sapatilhas 2 - Blog Petitas

A História das Sapatilhas 3 - Blog Petitas

A História das Sapatilhas 4 - Blog Petitas

A História das Sapatilhas 5 - Blog Petitas

E aí, gostou de saber um pouco mais sobre a história das sapatilhas? Não deixe de contar para a gente nos comentários! ;)

 

Autora: Aninha Ribeiro. Tem como lema de vida a gentileza. É fisioterapeuta por formação e completamente apaixonada por tudo que faz da vida mais leve. Fundadora da marca Petitas, gestora de negócios pela Fundação Dom Cabral, ama falar de amor e se conectar com pessoas.


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados